Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘seleção brasileira de futsal feminino’


A jogadora, que foi internada no dia 21 de Dezembro no hospital das Clinicas em São Paulo, pelo procedimento cirúrgico no dia seguinte. A cirurgia foi bem sucedida e foi dado início à sua recuperação no dia 24, véspera de natal.

A cirurgia de reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior e da lesão parcial do Ligamento Colateral Lateral da “A atrevida” foi realizada pelo Dr. André Pedrinelli (médico da seleção brasileira de futsal), sua reabilitação até então estava sendo realizado com a equipe interdisciplinar do Hospital das Clínicas.
Nesse mês de Fevereiro a Jessiquinha resolveu acelerar sua reabilitação procurando Dr. Rodrigo Silva para dar continuidade ao seu tratamento. Jessiquinha no momento está realizando sessões de fisioterapia diariamente com o profissional na dependências do clube São José Futsal no Vale do Paraíba e da Clínica Fonoclass situada na Capital.

Jessiquinha realizando Fisioterapia nas dependências da Clinica Fonoclass

 

Segundo última avaliação médica realizada no Hospital das Clinicas no inicio do mês de março, sua recuperação está dentro do esperado, porém segundo o fisioterapeuta Dr. Rodrigo Silva relatou que  “a Jessiquinha se apresentou com um déficit de mobilidade e flexibilidade do joelho para o tempo de cirurgia que ela tem, agora o objetivo principal do nosso tratamento é diminuir esse déficit e concomitantemente iniciar alguns exercícios de fortalecimento específico, porém com 3 semanas de atendimento a resposta dela foi boa e muito surpreendente, dá pra ver que é uma atleta exemplar e muito dedicada no que faz, com certeza teremos muito sucesso em sua reabilitação”.

O retorno às quadras de Jessiquinha está previsto para o mês de Julho de 2012.

 

Fonte: http://www.fisioterapianoesporte.blogspot.com/

Read Full Post »


A jogadora, que havia sido internada no dia 21 no hospital das Clinicas em São Paulo, passou por uma cirurgia no dia seguinte.  A cirurgia foi bem sucedida e foi dado início à sua recuperação no dia 24, véspera de natal.

A atrevida foi operada pelo Dr Pedrinelli (médico da seleção brasileira de futsal) e equipe multidisciplinar do Hospital das Clínicas. Em laudo médico expedido pelo hospital, consta reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior do joelho esquerdo e meniscectomia parcial lateral à esquerda.

No dia 3 de janeiro, jéssiquinha compareceu em retorno ao hospital para ser avaliada pelo médico. Nesta mesma visita foram retirados os pontos cirurgicos, substituídos por “pontos falsos”.

Segundo avaliação médica, sua recuperação está ótima e tudo segue conforme previsto nos trabalhos pré operatórios. A jogadora segue sua recuperação realizando fisioterapia diariamento desde então.

O proximo retorno ao médico está marcado para o dia 24 deste mês.

 

Read Full Post »


Cilene e Jéssiquinha

As jogadoras do Jacareí Futsal Jessiquinha (Jessica Frederico Spinola) e Cilene Paranhos, únicas representantes do Estado de São Paulo na Seleção Brasileira, ajudaram o Brasil a conquistar no sábado (12) o título de bicampeão do 2º Torneio Mundial de Futsal Feminino. Foi uma decisão épica diante da Espanha, no ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza (CE).

Após o empate por 3 a 3 no tempo normal, o Brasil abriu vantagem na prorrogação e levou a taça, fechando o jogo em 4 a 3. De acordo com a Confederação Brasileira de Futsal, como ocorreu na primeira edição da competição, realizada na Espanha, o Brasil conseguiu superar todos os seus rivais e confirmou a hegemonia da modalidade também entre as mulheres.

A má notícia foi o acidente em jogo com a atleta Jessiquinha, que rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo na partida contra Angola, na quarta-feira (7). A ala deverá operar com os médicos da Seleção Brasileira nesta semana, em São Paulo, e ficará parada pelo menos por seis meses para recuperação.

Os gols foram marcados por Jessika (2) e Vanessa, no tempo normal. No tempo extra, veio mais um gol de Vanessa. “As jogadoras vieram de um período intenso de jogos, e foram 15 dias de muito trabalho. Elas merecem este título. Já conquistei muitos troféus, mas ganhar qualquer título comandando a Seleção Brasileira Feminina é especial, pois as dificuldades são enormes e o valor a ser dado é muito maior”, destacou o treinador do Brasil, Vander Iacovino.

“Para a cidade de Jacareí é um título importante. Ter duas atletas nossas defendendo a Seleção Brasileira nos enche de orgulho. Isso também é prova de que a prefeitura investe com profissionalismo no esporte. Agora também vamos torcer pela boa recuperação da Jessiquinha”, disse o secretário de Esportes e Recreação, Hernani Barreto.

 

Fonte: http://www.jacarei.sp.gov.br

Read Full Post »


Brasil comemora o bicampeonato do Torneio Mundial Feminino

Fortaleza (CE) - O Brasil é bicampeão do Torneio Mundial de Futsal Feminino. A conquista veio após uma decisão épica diante da Espanha, neste sábado (10/12), no ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza (CE). Após o empate por 3 a 3 no tempo normal, as donas da casa conseguiram abrir a vantagem na prorrogação e ficaram com a taça com o triunfo por 4 a 3.

Assim como ocorreu na edição passada da competição, realizada na Espanha, o Brasil conseguiu superar todos os seus rivais e confirmou a hegemonia da modalidade também entre as mulheres. Além do título, o time do técnico Vander Iacovino teve também a goleadora do Torneio Mundial Feminino. Jéssika ficou com o troféu ‘Bola de Ouro’, com oito gols.

No jogo, as espanholas surpreenderam as brasileiras e conseguiram abrir o marcador logo a 1min13, com um gol de Isabel García. O primeiro tempo seguiu com um panorama único: o Brasil atacando e a Espanha se segurando, se aproveitando da manhã inspirada da goleira Sonia Bernal e dos erros nas finalizações das rivais.

A etapa complementar começou com o empate do Brasil. Logo aos 20min10, Jessika passou para Marcela que recebeu na área e dividiu com a arqueira espanhola. A bola morreu no fundo das redes e decretou a igualdade na capital cearense. As européias, no entanto, conseguiram retomar a vantagem aos 29min25, quando Sara Moreno fez jogada individual e finalizou no canto rasteiro de Jozi.

Após o gol, o Brasil foi para cima e logo conseguiu uma nova igualdade. Jéssika tabelou com Ju Delgado e chutou forte, fazendo 2 a 2, aos 32min48. Foi o oitavo gol da jogadora na competição, consolidando sua posição de artilheira do Torneio Mundial Feminino.

A Espanha conseguiu nova vantagem aos 38min01, quando Rosangela Sousa recebeu de costas para o gol e girou chutando no canto direito de Jozi. O gol obrigou o técnico do Brasil, Vander Iacovino, a adotar a ala Neguinha como goleira-linha. No último minuto, após intensa troca de passes, a bola sobrou para Vanessa que finalizou forte, fazendo 3 a 3, aos 39min22.

Tempo extra
Com o limite de cinco faltas atingido, as européias acabaram se complicando na prorrogação. Aos 42min16, o Brasil teve uma chance em um tiro livre da marca dos dez metros, mas a goleira Belén de Uña parou o chute de Vanessa. Porém, logo na sequência, as brasileiras roubaram uma bola no ataque e Marcela passou para Vanessa tocar entre as pernas da arqueira rival, aos 43min07.

Nos instantes finais do tempo extra, as ibéricas passaram a usar Natália Flores como goleira-linha, mas a tática não surtiu efeito e o Brasil pôde comemorar a conquista do bicampeonato mundial diante de seu torcedor. “Sabíamos que seria difícil, mas não imaginamos que seria tanto. Este título representa todo o grupo, por isso não me sinto a única responsável. Nosso elenco é muito unido e mostrou isso nesta decisão”, comentou a ala Vanessa, que marcou dois dos gols na decisão.

O treinador do Brasil, Vander Iacovino, falou sobre a conquista de mais uma taça a frente do time. “As jogadoras vieram de um período intenso de jogos, e foram 15 dias de muito trabalho. Elas merecem este título. Já conquistei muitos troféus, mas ganhar qualquer título comandando a Seleção Brasileira Feminina é especial, pois as dificuldades são enormes e o valor a ser dado é muito maior”, destacou.

 

Fonte: http://www.cbfs.com.br


Read Full Post »


Jogadoras brasileiras homenagearam a lesionada Jessiquinha

Fortaleza (CE) - O Brasil está classificado para a final do 2º Torneio Mundial Feminino de Futsal. O time passou pela Rússia na semifinal da competição, com um placar de 5 a 1, aplicado na noite desta sexta-feira (9/12), no ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza (CE). A adversária das brasileiras na decisão será a Espanha, que bateu, de virada, Portugal por 4 a 3.

A vitória credencia as donas da casa a seguirem na busca pelo bicampeonato mundial. A final ocorrerá neste sábado (10/12), às 11h30 (horário local), com transmissão ao vivo do SporTV. A Rússia jogará a preliminar, às 9h30, contra Portugal a definição do terceiro lugar da competição internacional.

Desde os primeiros movimentos da partida, o Brasil já dava mostras de que iria impor um maior volume de jogo. As chances foram criadas e o primeiro gol saiu dos pés de Taty, aos 4min56, após jogada pela ala direita, ela cortou para o meio e chutou forte e cruzado, vencendo a arqueira Irina.

Mesmo com a vantagem as brasileiras seguiram pressionando e a goleira da Rússia apareceu como destaque, fazendo defesas importantes, evitando que o placar fosse ampliado, pelo menos até aos 15min17, quando Jéssika arriscou e a bola acabou entrando no canto baixo de Irina.

Na comemoração do segundo gol as atletas brasileiras homenagearam a ala Jessiquinha, que sofreu uma ruptura do ligamento cruzado do joelho esquerdo no duelo diante de Angola, na última quarta-feira (7/12), e será submetida a uma cirurgia. O retorno da atleta às quadras tem prazo estimado em seis meses.

Segundo tempo
Na etapa complementar, as russas tentaram mudar o panorama da partida, avançando um pouco mais. Porém, as sul-americanas seguiram impondo o volume de jogo. O terceiro gol do Brasil saiu novamente dos pés de Jéssika, cobrando pênalti, aos 26min04.

Logo em seguida, Jéssika acertou um belo chute de fora da área e marcou o quarto das anfitriãs, aos 26min28. Com os três gols, a atleta brasileira assumiu a artilharia isolada da competição, com sete gols, ultrapassando a portuguesa Melissa Antunes, que tem um tento a menos.

Juliana Delgado, aos 28min12, fez o quinto do Brasil, enquanto Litvinova fez o de honra das européias por meio de uma cobrança de tiro livre da marca dos dez metros sem barreira, aos 38min04, fechando o marcador em 5 a 1.

“O time colaborou muito para que os lances individuais ocorressem. Nosso grupo é muito forte e unido e isto facilita este tipo de situação. Na final teremos um duelo muito complicado, as espanholas virão com tudo e tentarão fazer o mesmo que fizemos o ano passado, que foi vencer o campeonato na casa delas. Temos que entrar muito ligadas”, disse a artilheira da partida e do Mundial Feminino, Jéssika.

Read Full Post »


Fortaleza (CE) - Os finalistas do 2º Torneio Mundial Feminino de Futsal serão definidos nesta sexta-feira (9/12), a partir das 17 horas (horário local), no ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza (CE). Portugal e Espanha fazem a primeira semifinal, enquanto Brasil e Rússia duelarão na sequência, às 19 horas.

Os cruzamentos das semifinais são exatamente os mesmos da edição passada, realizada na Espanha e vencida pelas brasileiras. Na ocasião, as sul-americanas passaram pelas russas pelo placar de 4 a 0, enquanto as portuguesas venceram as anfitriãs por 4 a 3. Na final, o time verde-amarelo bateu as lusitanas por 5 a 1.

A preparação do Brasil vem contemplando todas as possibilidades. “Estamos procurando preparar a equipe para evitar quaisquer surpresas. Nosso trabalho é de ver vídeos, analisar os adversários e passar todas as informações necessárias para as atletas. Lógico que a qualidade individual, a técnica de uma jogadora pode decidir e isso faz parte do jogo, mas temos que monitorar tudo”, disse o técnico Vander Iacovino.

“Temos o vídeo do ano passado, que não foge do que elas aplicam taticamente hoje. Elas têm algumas jogadoras novas, mas o trabalho que vem sendo realizado segue na mesma linha. A Rússia é uma equipe que joga fechada e procura os contragolpes”, destacou o comandante brasileiro.

Desfalque
A ala Jessiquinha está fora do restante do Torneio Mundial Feminino. A jogadora que saiu de quadra no segundo tempo do duelo desta quarta-feira (7/12), diante de Angola, passou por uma ressonância magnética que detectou o rompimento do ligamento cruzado do joelho esquerdo.

A lesão obrigará a jogadora a ser submetida a um procedimento cirúrgico, que deverá ser realizado na próxima semana em São Paulo (SP). Jessiquinha deve ficar seis meses afastada das quadras, em recuperação.

 

Fonte: http://www.cbfs.com.br

Read Full Post »


Fortaleza (CE) - O Brasil encerrou com vitória sua participação no grupo A do 2º Torneio Mundial Feminino de Futsal. Nesta quarta-feira (7/12), a equipe bateu Angola por 12 a 0, no jogo que marcou o encerramento da fase de classificação da competição, que está sendo realizada no ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza (CE).

Com o triunfo as anfitriãs confirmaram a primeira posição do grupo, com nove pontos. As angolanas não pontuaram e terminaram na quarta colocação. A outra classificada da chave foi a Espanha, que terminou a fase com seis pontos, enquanto a Venezuela ficou com três pontos e ficou em terceiro lugar.

Na semifinal o Brasil jogará diante da Rússia, na sexta-feira (9/12), às 19 horas (horário local). O outro finalista sairá do confronto entre Portugal e Espanha, que ocorre como preliminar, às 17 horas. Coincidentemente, os confrontos semifinais são os mesmos da primeira edição do torneio, realizado no ano passado, na Espanha. Na ocasião, brasileiras e portuguesas levaram a melhor sobre seus rivais e decidiram o título.

No jogo desta noite, a vitória do Brasil foi construída de forma tranqüila. Logo no primeiro tempo as donas da casa abriram uma confortável vantagem por 7 a 0, com gols de Cely, Ariane, Juliana Delgado, Jéssika, Luciléia e Gaby, que marcou duas vezes.

Na etapa final, as brasileiras ampliaram. Jessiquinha, Marcela (2), Luciléia e Gaby balançaram as redes e fecharam a goleada em 12 a 0.

A goleada brasileira ficará marcada para a pivô Cely, que fez o gol que abriu o caminho da vitória nesta noite. Foi o primeiro gol dela com a camisa da Seleção Brasileira. “É diferente marcar pelo Brasil. Para mim será um jogo especial e espero que seja o primeiro de muitos que ainda vou marcar”, disse.

Jessiquinha
A nota triste do confronto fica por conta da saída precoce da ala Jessiquinha, que sofreu uma entorse no joelho esquerdo e saiu da partida no segundo tempo. A jogadora será avaliada após o jogo para saber a gravidade da contusão.

Read Full Post »

Older Posts »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: